POR QUE SERVIR ÁGUA COM VINHO?

 In VINHO

Por: Simone Farret

 

Servir água com vinho é sempre indicado.

A água tem o poder de hidratar o organismo e limpar o paladar para a degustação do vinho, especialmente quando servido com a comida. Assim, ela deve ser servida já antes do vinho para preparar a boca para a degustação da bebida e seguir ao longo da degustação seja num happy hour ou numa refeição completa, sempre respeitando a escolha do cliente. Ao final da refeição, a água limpa a boca novamente para degustar a sobremesa.

Durante a alimentação, a água exerce um papel importante para separar os excessos de sabores da bebida e da comida, para que um não interfira no outro. Por isso, um gole de água entre uma garfada de comida e um gole de vinho é sempre recomendado, assim como limpar os lábios para retirar o excesso de gordura antes de beber o vinho – evitando assim “contaminar” a taça com outros sabores que não da bebida.

Quando a degustação ou o menu incluir mais de um tipo de comida e/ou de vinho numa mesma ocasião, é imprescindível intercalar cada prato e cada rótulo com alguns goles de água para efetuar a limpeza do paladar, eliminado o sabor remanescente na boca para partir para a próxima degustação.

Como o álcool contido no vinho é diurético beber água durante a degustação compensa a desidratação provocada pela bebida alcóolica.

Tecnicamente, a água de ser pura, sem nenhum ingrediente como limão e ervas e sempre sem gás já que a água gaseificada apresenta um teor mais elevado de sais minerais em sua composição e isso pode afetar o sabor da bebida.

A etiqueta recomenda que o copo ou taça de água fique posicionado no lado direito do prato e acima das facas. A seqüência das taças deve ser água, champanhe, vinho tinto e vinho branco  e podem ser colocadas em linha reta, diagonal ou retângulo. O modelo do copo pode variar e inspirar a criatividade, assim como o serviço pode incluir um bela jarra.